VER A NOSSA HISTÓRIA
(Clica na imagem)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O Velódromo Maria Amélia, no Porto


Com entusiasmo crescente pelo ciclismo na Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta, Cidade do Porto, nos finais do Séc.XIX, tendo ocorrido nesta altura as primeiras corridas de bicicleta em Portugal, foi construído no Porto o, ainda existente, Velódromo Maria Amélia, na então mata do Palácio dos Carrancas, nas traseiras do palácio que já era o Paço Real (actual Museu Nacional Soares dos Reis), disponibilizado pelo próprio Rei D. Carlos, ao Velo Clube do Porto.

Tinha entrada lateral, pela Rua do Pombal (actual R. Adolfo Casais Monteiro, tem lá um portão de ferro) e a pista tinha 333,33 metros de perímetro, sendo o segundo velódromo do país (o primeiro também no Porto, inaugurado um ano antes na quinta de Salgueiros).
Tinha uma tribuna para 700 pessoas, 50 camarotes para os sócios, «três cortes de law-tennis» ao centro da pista, e uma chalet-buffet.

Inaugurado em 1894/1895?, realizaram-se lá muitas corridas e demonstrações desportivas, incluindo a primeira demonstração em Portugal de uma moto, pelo entusiasta e comerciante João Garrido, no dia de 29 de Julho de 1895.

Quando o Palácio foi adaptado a museu, por volta de 1940, o velódromo, que caíra em desuso, foi arranjado como jardim, para expor a colecção de lapidária. Foi na grande obra de remodelação que decorreu entre 1990 e 2001 que o arquitecto Fernando Távora recuperou a memória da pista das bicicletas e dos courts de ténis.

Ao contrário do que julguei, afinal pode-se visitar o Velódromo, durante o Verão:
No espaço, mantém-se a exposição da lapidária. E deve valer a pena visitar, nem que seja para imaginar a  realeza e nobreza com os seus chapéus, a andar nas bicicletas daqueles tempos, infelizmente duvido que nos deixem lá dar umas voltas de bicicleta também.
Horário: no Verão, o velódromo estará aberto ao público no mesmo horário do Museu (terça, das 14h às 18h; quarta a domingo, das 10h às 18h).
Preço: O bilhete normal para o Museu Nacional Soares dos Reis dá aceso ao velódromo no Verão e custa 5€.


 

Fontes:
Porto Antigo
JornalismoPortoNet
Na era das coisas timeoutianas

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Questionário, ciclismo no Porto

Andava eu, nas minhas pesquisas, quando encontrei para espanto meu, notícias que dão conta que as duas primeiras pistas de ciclismo construidas em Portugal foram no Porto, a primeira na Quinta de Salgueiros, em 1893 e uma segunda em 1894 (não vou já divulgar o nome).

Isto para mim não é novidade, os Portuenses sempre foram pioneiros em tudo.
O que me espantou, é que esta segunda pista, ainda hoje existe, mas muito poucos (incluido Eu) a conhecem!
Infelizmente este pedaço de história, com quase 120 anos, encontra-se desactivado e sem acesso a visitas do público.

Concurso/inquérito/questionário?
Onde se localiza esta pista e como se chama, alguém sabe?

O vencedor ganha uma sande de marmelada, feita pelo próprio, claro!!!

Posteriormente colocarei aqui a resposta e a sua história.

Pedro "Trilhos"