Visitas

VER A NOSSA HISTÓRIA
(Clica na imagem)

CROMAS:

Ir para a Página desta CROMA Ir para a Página desta CROMA Ir para a Página desta CROMA

Etiquetas

Etiquetas do BIKE17ECO

1º percurso pela margem sul - Ponta dos Corvos (Ponta do Mato) e Parque da Paz

segunda-feira, 20 de março de 2017



** Já me tinham soado as campainhas quando me apercebi que até os meus amigos pré-reformados Pimenta "Saca Saca" e Pedro "Trilhos", com os seus treinos intensivos bi-anuais se encontravam em melhor forma do que eu. Quanto ao Sérgio "Fugas", o mafarrico tem andado a fugir constantemente no circuito Nortenho aos comissários do controlo anti-doping, tal a contagem de quilómetros acumulada nos últimos tempos, valendo-se da excelente companhia e respetivo apoio logístico do Couto e do Wolf.
**Pensei cá para mim, ainda sou novo para meter os papéis para a pré-aposentação e integrar a logística do BIKE17ECO, iria levar um corte brutal no orçamento e ainda por cima tal desiderato dependeria sempre do parecer favorável do Manel Xinateiro.
** Acresce a tudo isto que no dia 1 de Abril também irei representar o Bike17Eco em Gouveia, na etapa do NGPS.
** Mas a machadada final veio depois de ler nos lindos e grandes olhinhos clarinhos da minha filha INÊS (sim porque como alguém já disse, os olhos são o espelho da alma)  como que a seguinte mensagem "Oh Pai Trepador está-me a parecer que apresentas um nível acumulado e generoso de caruncho, vê lá se me pegas essa carunchice...", isto com o olhar de aprovação da minha outra chouriça CARLA, sem dúvida foi a deixa e motivação extra necessária para este Betetista voltar a estas andanças, pelo que lá fiz o meu primeiro treino da época 2017, isto por bandas da margem sul (Corroios - Seixal onde resido atualmente, Miratejo e Almada, no Parque da Paz).

** Nesta demanda consegui "enganar" o meu sobrinho RICARDO, ilustre conhecedor dos trilhos envolventes e meu habitual companheiro de treinos, com competências específicas e qualificadas na mecânica, sempre útil caso seja necessário proceder à troca de alguma peça já caduca do esqueleto deste cronista mafarrico. Contudo o chouriço também já denota alguns sinais de salapismo, provavelmente adquirido por contágio, tendo que tratar do caso até porque também vai comparecer em Gouveia.

**Fomos então em direção à Ponta dos Corvos, ou Ponta do Mato como é vulgarmente conhecido, num percurso rolante em terra batida, com irregularidades, que acompanha sempre a base naval do Alfeite e estuário do Tejo.
**A Ponta dos Corvos, local aprazível e com múltiplas vistas, neste caso a baía do Seixal.
**Ao longe a cidade do Barreiro, com respetivas ligações marítimas para passageiros a Lisboa.
 ** A cidade de Lisboa mais para o Oriente.
** E outra vista da cidade das sete colinas.
**O tempo estava de feição, as pernas correspondiam, prosseguimos em direção a Almada, junto à linha do metro de superfície.
**Aqui a rotunda do nó de Almada, principal ponto de acesso à ponte 25 de Abril.
** O destino era o Parque da Paz, local muito tranquilo e aprazível de lazer e convidativo para passeios em família, caminhadas, percursos de bicicleta, etc...
** A vista para o Cristo Rei de uns dos muitos trilhos ali existentes.
** Depois de termos feito um reconhecimento aos singles existentes em redor do Parque, era tempo de regressar a casa, com passagem pela Sobreda, com umas boas subidas pelo meio, o cansaço já se fazia sentir nestes dois maltrapilhos.
**Chegado a casa triunfal, depois de um treino "intensivo" de 37 kms..., as mafarricas já aguardavam orgulhosas pelo Trepador, bem com os biberões e as fraldas e a música de embalar e os toalhetes...
** Einstein disse que "há uma força motriz mais poderosa que o vapor, a eletricidade e a energia atómica: A VONTADE".
** Por mim, uma mantazinha com um cházinho para fazer vapor nestas ossadas, regado com um bom filme para sofazar, apimentado pelas bombas atómicas das fraldas da minha filha e até dispenso a vontade...

O Trepador

A MINHA DERRADEIRA MARATONA

terça-feira, 7 de março de 2017



** Toca o relógio. Devem ser para aí 3 da manhã. É sempre assim em dias que antecedem as provas. Aquele nervoso miudinho. Aquele sono quase como piloto automático. O que eu sei é que são horas de levantar e dar início aos necessários preparativos para tratar do abastecimento.

** Verifico todo o equipamento e confirmo que tudo se encontra pronto. Embora haja sempre alguma coisa que falte. Não se pode facilitar com esta demanda e um betetista prevenido vale por dois.
 ** A sessão mais que ritualizada e dominada de cuidados, higiene e massagens revelam-se adequados e imprescindíveis para apurar a condição física.
** Mas um TREPADOR que se preze deve acautelar o acervo de equipamento para esta derradeira maratona, trabalho é trabalho, conhaque é conhaque.
**A máquina começa enfim a rolar e a desbravar trilhos sem medo, confiante no seu timoneiro.
**Prova efetuada sem mazelas, vem sempre a parte sempre apetecível do merecido banho, relaxando e descomprimindo do dia atarefado.
** A recompensa por tal aventura e cansaço natural não tem qualquer preço material ou mesurável, o teu abraço, o teu choro e sorriso na meta enchem-me a alma e o coração.
** Porque sei que ao longo do teu bonito e promissor percurso na vida estarei sempre ao teu lado e vestirei para o que der e vier a tua camisola.

** PARA AS MINHAS XOURIÇAS...




CIRCUITO NGPS - TRILHOS DO PARAÍSO (ETAPA DE TÁBUA)

terça-feira, 5 de julho de 2016



** No dia 18 de Junho fomos até Tábua, na zona centro, para participar nos TRILHOS DO PARAÍSO, etapa do circuito NGPS.


** Os mafarricos do Bike17Eco são assim, ou é 8 ou 80, nada de mais revigorante de que fazer quase 400 kms de carro e levantar às 5h da matina, sem que para isso um dos chouriços tenha que entrar de serviço nesse mesmo dia às 19h, fresquinho que nem um alface do terreno baldio da antiga Fertor, e isto debaixo de um calor desafiante. 

** Mas como possivelmente foi um dos percursos mais espetaculares e divertidos em que participamos desde que me lembro destas coisas do BTT e não exagero (fica o link do vídeo do betetista Ricardo Pereira do imponente e espetacular singletrack Trilho dos Gaios, para o comprovar), merecia estas duas linhas da minha parte.

** Os atletas convocados para esta odisseia eram de calibre e currículo elevados: 
- o Pimenta "Saca Saca" interrompeu a sua pré-aposentação, nesta matéria das bikes, e veio fazer uma perninha, trazendo duas mochilas, uma à frente e outra atrás, situação inédita é que finalmente chegou a horas para a saída marcada, missão nunca antes visto por estas paragens;
- O Sérgio "Fugas" abandonou o seu covil, lugar secreto e mágico onde o mafarrico afina as suas máquinas ao mínimo detalhe, preparando-as para a fuga certa na etapa, sendo que tem sido esta época o assíduo e ilustre representante do Bike17Eco neste circuito;
- O Manuel "Metralha" Couto, amigo destas andanças e personagem incontornável neste admirável mundo nosso das bicicletas, só se o amarrassem à cama é que não marcaria presença (isto apesar do maltrapilho se encontrar ligeiramente debilitado fisicamente - 158 hérnias discais andam a chateá-lo um bocadinho nos últimos tempos), pelo que foi um dos aventureiros a picar o ponto como não podia deixar de ser;
- O grupo era ainda composto pelo Ferreira, a Patrícia e "Wolverin Wolf", trio maravilha e companheiros de armas do Couto, e também do "Fugas" desde o início do circuito, que possivelmente no fim da temporada deverão precisar de apoio psicológico por conviver com tamanhos dois gigantes mafarricos...
  
- Por fim, a minha pessoa, cujo caruncho acumulado nos últimos meses é bem provável que ultrapassa já o do Mouteira Carunchoso, estando devidamente acompanhado e protegido pelas minhas duas xouriças, a Carla e a nossa Inês, a qual se encontra ainda em estágio e aconchegada na barriguinha da mãe, sendo assim esta para já poupada às figuras tristes que faz o seu pai "Trepador" nestas corridas, já que a mãe está acostumada! 
** O filme começou logo na noite do dia anterior com o planeamento digno de qualquer obra megalómana sobre a posição de colocação das 3 bikes no megasuporte de reboque da minha máquina. isto tudo para um bem maior, poupar uns minutos de sono no dia da partida. 
** Claro está que a bike do Pimenta encrenca sempre como de costume a missão, nada de novo.
** Os dois atletas babados das Scotts aproveitaram logo para tirar uma foto das suas 2 fieis companheiras e colocar na página oficial do grupo das SCOTT´S isto porque não é todos os dias que ficam junto a uma LAPIERRE e um KIA Coupé.
** O Ferreira, a Patrícia e "Wolverin Wolf" deram boleia ao Couto até ao local de partida, consta-se que na viagem há quem tenha falado em restrições numa camisa de forças ou fita adesiva para amordaçar o "jovem" - APERTA COM ELA....
** Após as fotos da praxe, deu-se início então ao percurso dos 46 kms, que por si só e dado o calor que se fez sentir neste dia foi o mais adequado, até porque esta malta já não tem idade para ter desconto nas urgências dos hospitais.
** O resto foi mesmo fazer jus o nome do Trilho, o do PARAÍSO, porque se desfrutou dos espetaculares trilhos que nos estavam reservados e apreciou-se o convívio entre betetistas e amigos nestas andanças do NGPS, circuito e etapas realizadas em plena autonomia. 
** Estão de parabéns a malta do BTT Tábua pelo esforço e dedicação nas escolhas dos trilhos e pelo dia memorável que nos proporcionaram, valeu assim a pena o cansaço e tempo acumulado pela distância. 

Sousa "Trepador"

PS. Os mafarricos do Bike17Eco não poderiam deixar de fazer uma pública homenagem ao jovem Manuel "Metralha" Couto e à sua singela forma de estar no mundo e no BTT em particular, com a sua já conhecida boa disposição contagiante, camaradagem e força de vontade, tem sido, é e será sempre um prazer partilhar os trilhos contigo "Velhote"!


video



       

CAMINHO FRANCÊS DE SANTIAGO - HOSPITAL D´ORBIGO A FISTERRA (MAIO DE 2016)

terça-feira, 31 de maio de 2016



2ª parte
**HOSPITAL D´ORBIGO A VILLAFRANCA DEL BIERZO








**VILLAFRANCA DEL BIERZO A SARRIA






**SARRIA A ARZUA







**ARZUA A NEGREIRA









**NEGREIRA A FISTERRA










Quo Vadis Caminhantes?